Pular para o conteúdo principal

A Gregório



Fico me perguntando se isso seria pano de fundo para um pequeno conto ou romance.
Quero dizer: romance. 
Referência a uma forma e padrão de escrita em prosa; 
um gênero da Literatura. 
Mesmo não querendo seguir o exemplo de Gregório,
que foi um exímio fabricante de ideais e sonhos,
e que escrevia em versos de diversas formas e padrões métricos. 
Ele realmente encantou e continua encantando muitos leitores atualmente.
E agora? Por que dessa incerteza e hesitação? 
Fico me perguntando: apesar da grandiosidade daquele autor e de suas obras magníficas, 
seus efeitos e proporções foram totalmente inversos. 
Porém, e em contrapartida a este ponto, já que incidentes e méritos não são auto excludentes, Gregório sim foi um excelente escritor e suas obras são a real prova disso. 
Pertenceu também à alta aristocracia de sua época. 
Sim, Gregório pertenceu. 
Eu nunca tive aquela pretensão.
E ele sim foi um excelente escritor. 
Ah! Sim.

"O século ainda era XXI e nada pôde ser compreendido de imediato por aqueles que participavam do mesmo espaço e tempo. Observadores e empiristas das ciências exatas costumam afirmar que...

...quando, de maneira repentina, ouvi uma voz distante. Um som se propagando em minha direção. Após alguns segundos, percebendo que se dirigiam a mim, parei e resolvi atender o que diziam. Então, perguntaram:

'-Por que foges? Estamos preocupados com você'.

Com uma respiração longa, eu resolvi partir sem proferir verbos, preposições, adjetivos, interjeições ou substantivos. Porém, as palavras. Ah! Aquelas palavras ainda permanecem em meus pensamentos, mesmo não sendo as minhas palavras.....

tempo e espaço, variáveis da relatividade restrita e da relatividade geral, variáveis inversamente proporcionais...."

John Ny/João Neto

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Encontro entre Gêneros

Encontro entre Gêneros Era uma vez: o Romantismo, ainda jovem, aliado ao Drama e às paixões da Aventura Revolucionária ( um excesso de entusiasmo) ainda bem antes daquele emblemático dia 14, convencia a Ação de que o Medo, ainda em sua fase de formação, participaria de tal distinto encontro, entretendo todos os mais dispostos e favoráveis às causas dos desbravadores oprimidos. É bem verdade que na incompleta capacidade de se expressar, somada à sua tímida experiência com assuntos do gênero, doses da Simpatia e do Afeto também seriam avistados passeando livremente pelo amplo e iluminado salão do baile ao som da grandiosa ópera moderna. Antigos elementos como o Lirismo Amoroso e Trovadoresco, também a princípio com uma pitada de requinte e cordialidade, abririam caminhos repletos de excelência e delicadeza para o pomposo, maduro e controverso Classicismo, o qual declarava sua afinidade com o individualismo e com a valorização da beleza e elementos tão mais antigos, passando a enxergar …

In the back of the Net

Overcast sky Cold wind blows Here and there, turning Globe Shiny soccer shoes Some one-two moves A clinical finish Scoring it in the back of the Net There was the center-forward Drizzling cold sky Round and white it comes There and here, funny Globe Facing the wrong side Flawless strong shot Conceding an own goal Putting it in the back of the Net There was the defender Rainy grey sky Needed in standby Stainless, light and bright One-touch going right Fancy and sweaty header Rolling round goes Hitting the back of the Net There was the right wing Attacker on side Snowy, freezing Sky

Caminhos

Você vai alí desinteressadamente. Pensando no vazio e na imensidão do espaço sideral. A tranquilidade.
O olhar fixo diante da penumbra se contrapondo ao ilimitado da imaginação. De fato, existe alguma coisa. Algumas vezes, útil; outras, trazendo o bem. Por mais simples que seja, não deixe de ir.