Pular para o conteúdo principal

Countryboy

Countryboy

In a redneck's house
I watched my back
And prayed to God
I was going to be fine

They should be rich
And now it is my fault
The gold isn't theirs
So they cry

I was called weed
Just like in the Book
So don't give them guns
We will all be convicted to death

I managed to scape
Suspecting that
I would be shot point-blank

The glare in their eyes
Was self-evident

O man,
We could've made friends
Tomorrow never knows
Still I wave goodbye

A famous guy
Once praised the lord
And pleaded with Him
Have mercy on them

These men are just fine
I agree with you
No more words for now
Maybe I am a mad guy

What if I am wrong
And regret for good
What will I do
Rather than cry

Maybe I am a mad guy, eh
But don't get me wrong
Tearing up money
Is no business of mine

Joao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Encontro entre Gêneros

Encontro entre Gêneros Era uma vez: o Romantismo, ainda jovem, aliado ao Drama e às paixões da Aventura Revolucionária ( um excesso de entusiasmo) ainda bem antes daquele emblemático dia 14, convencia a Ação de que o Medo, ainda em sua fase de formação, participaria de tal distinto encontro, entretendo todos os mais dispostos e favoráveis às causas dos desbravadores oprimidos. É bem verdade que na incompleta capacidade de se expressar, somada à sua tímida experiência com assuntos do gênero, doses da Simpatia e do Afeto também seriam avistados passeando livremente pelo amplo e iluminado salão do baile ao som da grandiosa ópera moderna. Antigos elementos como o Lirismo Amoroso e Trovadoresco, também a princípio com uma pitada de requinte e cordialidade, abririam caminhos repletos de excelência e delicadeza para o pomposo, maduro e controverso Classicismo, o qual declarava sua afinidade com o individualismo e com a valorização da beleza e elementos tão mais antigos, passando a enxergar …