Pular para o conteúdo principal

Primavera dos Povos ( 1848/ por Johnny)

É alvorada, um oceano de alegrias
Período épico num turvo ciclo de Tragédias
O que enriquece e engrandece a humanidade
E que conduz a uma tarde de Verdade

É a claridade que se precisa pra enxergar
Um novo dia, novo trajeto a percorrer
Sem descansar numa lembrança recorrente
Que o amanhecer é agradável e vai voltar

E é alvorada o que te traz coragem
Disposição para fazer você pensar
Seguindo em frente enquanto há modo de se ver
O que te agrada sem te faltar tranquilidade

O entardecer, ruídos se aproximam
O anoitecer, e já não pode escutar
Se falta ânimo para que eu possa ficar firme
Sono profundo?
O amanhecer vai retornar

E vai voltar, a alvorada vai retornar
Um novo dia, seguindo rumo ao indefinido
Buscando sempre de um modo diferente
Um bom presente, o amor fraterno, inteligente


Johnny.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alguém Muito Especial

Por que dizer quando é amor?
Sem amor a vida é triste
Silenciar se é só doar
um abraço, um beijo, o que for
Por que rasgar tudo em pedaços?
quanto mais diz, menos importa?
Por que amar sem ser amado?
Se com amor não há derrota
Acho que sofre mais quem ama
quando termina em solidão
acho que chora mais quem clama
se falta amor no coração
Então é assim que deve ser
se não se quer explicação?
então é assim que irei viver
enquanto vivem em distração?
Sem amor a vida é triste
e muita coisa é ilusão
sem amor nada resiste
e um mundo acaba em solidão
Por que dizer quando é amor?
Sem amor a vida é triste
Silenciar se é doar
um abraço, um beijo, o que for
Se já foi hora de mudar
seguir em outra direção
dar um basta nesta vida
de maldade e confusão
De amor não morre
e não se mata
e não se mata um coração
com amor nada é perdido
Se somos jovens pra entender
mas para o amor não há idade
e há vida em mim e em você

João Neto