Pular para o conteúdo principal

Reencontrar ( Johnny.)

Há muito tempo
Quero te dizer
Como é fácil eu me pegar
Pensando em você
Tudo é tão triste
Quando não posso te ver
Na memória uma recordação
Que não devemos esquecer

Há muito tempo, quero admitir
Te quero sempre aqui
Alegria, amor e inspiração
Você é tudo pra mim

Saber que estás comigo
É sorrir sem haver motivo
O bastante para toda a vida

E mesmo quando chega a hora de termos que ir embora

Receber o seu carinho
É o que preciso
É o modo de me reencontrar



Johnny.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Encontro entre Gêneros

Encontro entre Gêneros Era uma vez: o Romantismo, ainda jovem, aliado ao Drama e às paixões da Aventura Revolucionária ( um excesso de entusiasmo) ainda bem antes daquele emblemático dia 14, convencia a Ação de que o Medo, ainda em sua fase de formação, participaria de tal distinto encontro, entretendo todos os mais dispostos e favoráveis às causas dos desbravadores oprimidos. É bem verdade que na incompleta capacidade de se expressar, somada à sua tímida experiência com assuntos do gênero, doses da Simpatia e do Afeto também seriam avistados passeando livremente pelo amplo e iluminado salão do baile ao som da grandiosa ópera moderna. Antigos elementos como o Lirismo Amoroso e Trovadoresco, também a princípio com uma pitada de requinte e cordialidade, abririam caminhos repletos de excelência e delicadeza para o pomposo, maduro e controverso Classicismo, o qual declarava sua afinidade com o individualismo e com a valorização da beleza e elementos tão mais antigos, passando a enxergar …